NOVIDADE!

5 de ago de 2013

Linux - Instalando o OpenSUSE 12.3 pelo pendrive (LiveFlash, LiveUSB)

Se você possui um NETBOOK, ou simplesmente quer experimentar uma forma alternativa de instalar seu sistema OpenSUSE, deverá utilizar o criador de boot pelo pendrive SUSE Studio Image Writer.

Por experiência própria, verifiquei que, embora o YUMI tenha se mostrado uma excelente ferramenta para esta função, ele não poderá ser utilizado para criar seu pendrive de boot para o OpenSUSE 12.3.

Todos os boots que criei com o YUMI 1.0.4 (última versão, atualmente) não concluíram a instalação, nem subiram o live. Todas as minhas tentativas foram interrompidas na etapa "Failed to find MBR identifier! Reboot in 120 sec.", que vale a pena eu transcrever aqui para que o Google se encarregue de trazer outros geeks para esta postagem. ^^

O nome SUSE, no início S.u.S.E., é na verdade uma sigla para o nome da companhia alemã Software und System Entwicklung (Software e Desenvolvimento de Sistemas) e, como os mais íntimos já sabem, o mascote eleito para representar o sistema é o Geeko, um pequeno lagartinho (ai, ti lindu! ^^).

O nome do Geeko, é uma fusão de duas palavras, Gecko (em inglês, Lagarto) com Geek (definição em inglês para uma pessoa obcecada por tecnologia).


Hoje, patrocinada pela Novell, a comunidade OpenSUSE Project desenvolve e mantém os componentes da distribuição.

Montando seu OpenSUSE Boot no pendrive:

Estas instruções se aplicam para OpenSUSE 11.3 em diante.

(Windows)
Você poderá baixar o SUSE Studio Image Writer a partir do meu repositório no 2Shared, ou no ftp oficial abaixo:

Obs: Pode ser necessário a instalação do dotNET 2.0 Runtime.

Espete o pendrive na porta USB, e execute o Image Writer.

Digite "*.*" <Enter> para visualizar as ISOs.
Clique em "Copy" e aguarde a transferência da imagem para o pendrive.
Obs: No processo seu pendrive será formatado! Todo o conteúdo será perdido!

Após a conclusão, espete o LiveFlash numa porta USB do NETBOOK, e se for necessário, acesse o bios da máquina e configure a porta USB como dispositivo de iniciação.

Proceda com a instalação como se tivesse utilizando um LiveCD de qualquer distribuição.

(Linux)
No Linux, o ImageWriter sofre pequenas alterações no nome, conforme a distribuição. Para encontrar o aplicativo, recomendo buscá-lo através do gerenciador de pacotes ou repositórios da própria distribuição, e proceder da mesma maneira como nas instruções para Windows.

Alguns screens deste aplicativo:





5 comentários:

  1. Opá, muito obrigado pelo Tutorial, há algum tempo eu tentei instalar o Suse e acabei desistindo por não consegui gravar no pendrive, agr vou tentar aqui com seu tutorial!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jãum!
      Beleza?! ^^

      TKS pelo coments.
      Sucesso!

      To esperando um tempo pra instalar o Gentoo do ZERO no meu note.
      Mas tá fods arrumar tempo.... com o trampo, tcc, e facu... =(
      Abs.

      Excluir
  2. Eu keria algo enxuto. Nada de modulos genéricos. kero do zero. ubuntu, suse, e familia ltda, tá cjeio de genérico.

    =)

    Abs.

    ResponderExcluir
  3. Por que tem que digitar <*.*>, para abrir as isos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. *.* significa qualquer coisa de um lado e qualquer coisa do outro lado do ponto.
      ou seja, significa que vc ker que sejam exibidos qualquer arquivo e, você ker escolher qual deve ser selecionado, e não o wizard.
      tendeu? ^^

      Excluir